Mês de julho (Lourenço)

    Mês de Julho

    Tu chegaste de mansinho,
    Nas badaladas da meia noite.

    Oh, julho!
    Das caladas frias,
    E do prenúncio dos dias curtos e das noites longas.

    Oh! Julho!
    Dos feixes das lembranças boas e amargas.
    Dos feixes das saudades agoniantes.

    Oh, Julho!
    Me transformas na 'Brisa da Saudade'.
    A saudade da brisa, que brisa a saudade
    'Brisa da Saudade' no quarto quente do amor.

    Oh, Julho!
    Sou a 'Brisa da Saudade'
    Na viagem do sonho sonhado, das noites longas e frias
    Do sopro e do sussurro amoroso - inexoravelmente no leito viçoso do amor

    És tu, Julho.

    Lourenço Adolfo Ferreira Soares (julho de 2015)

    © 2021 Família Ferreira Soares - Todos os Direitos Reservados / Dev: Esdras Rodrigues